Wushu e os Jogos Olímpicos

Mantendo o ideal sublime do Movimento Olímpico, a Internacional Wushu Federation – IWUF sempre dedicou-se ao desenvolvimento do Wushu e a promoção do intercâmbio cultural entre o Oriente e o Ocidente, de modo que o Wushu pudesse contribuir para o desenvolvimento harmonioso da humanidade.

Já foram realizadas competições de Wushu nos Jogos Olímpicos em Berlim, em 1936 e o Wushu faz parte do Programa Oficial dos Jogos Asiáticos desde 1990. O maior desejo da IWUF era fazer com que as competições de Wushu fossem realizadas no mesmo palco dos outros Esportes Olímpicos, promovendo a diversidade da Cultura Olímpica.

Em 10 de dezembro de 2001 a IWUF apresentou a sua candidatura oficial ao International Olympic Committee – IOC. A aplicação da IWUF ganhou grande apoio do International Olympic Committee e o Wushu se tornou membro da família Olímpica. Na ocasião o IOC aprovou a realização de um Torneio de Wushu que seria realizado durante Jogos Olímpicos de Beijing 2008.

Atleta chinesa fazendo uma performance com espada

Atleta chinesa fazendo uma performance com espada

Foi exatamente o que aconteceu, de 17 a 24 de agosto de 2008, cerca de 128 atletas de Wushu de 43 países ficaram alojados na Vila Olímpica de Beijing e competiram no Beijing 2008 Wushu Tournament, evento realizado nas mesmas instalações dos outros Esportes Olímpicos.

Esta ação ajudou a promover a diversidade da Cultura Olímpica, enriquecer o Movimento Olímpico e levar adiante o Espírito Olímpico na comunidade do Wushu de todo o mundo.

Dr. Jacques Rogge presidente do IOC fazendo a premiação aos campeões

Dr. Jacques Rogge presidente do IOC fazendo a premiação aos campeões

Passo a passo a caminho das Olímpiadas: O Wushu tem chance de ser incluído como modalidade oficial do Programa Olímpico em 2020. Durante uma reunião do Conselho Executivo do IOC realizada em julho de 2011, em Durban, África, foi fechada a lista dos oito esportes que ainda podem se considerar na disputa para tornar-se modalidade Olímpica. Caso o Wushu seja selecionado, a CBKW será a entidade brasileira responsável por coordenar o time que representará o país nas modalidades Taolu e Sanda.

A CBKW enviou uma Delegação com 3 atletas para os Jogos Olímpicos de Beijing em 2008, quando o Wushu participou como modalidade de demonstração. Os atletas Emerson Almeida e Ariana Ortega na modalidade de Sanda e Adriano Lourenço, no Taolu, integraram a Delegação Brasileira. O atleta Emerson Almeida conquistou uma medalha de bronze, sendo o único atleta das Américas a conquistar medalha no Wushu.

Mais informações sobre a competição de Wushu nos Jogos olímpicos de Beijing, acesse o link abaixo:
http://en.wikipedia.org/wiki/Wushu_Tournament_Beijing_2008

Apesar do Wushu ter se originado na China, ele pertence ao Mundo!