Bem-vindo ao site oficial da CBKW

Modalidades – Wushu Interno

Os estilos internos de wushu são assim denominados por focar sua prática na coordenação entre movimento e respiração. Entre os estilos internos mais praticados estão o taijiquan (tai chi chuan), xinyiquan (hsing-i), baguazhang (pa kua) e tuishou. Encabeçados pelo taijiquan, têm uma grande base de praticantes mundialmente. Embora sejam parte integrante do wushu tradicional e sejam contemplados nas competições de taolu esportivo, cabe abordá-los separadamente devido às suas particularidades e ao seu grande impacto na sociedade contemporânea.

Estes estilos se caracterizam principalmente pela execução de movimentos suaves e lentos, em um composto de técnicas e fundamentos único. As posturas são circulares e mantidas em contínuo equilíbrio. Ao coordenar o ataque com a respiração e projeção de força, os oponentes são tirados de seu equilíbrio e derrotados. O objetivo das técnicas é a aplicação em combate, mas, com a disseminação das práticas marciais entre pessoas comuns na China, a contribuição para a melhoria da qualidade de vida desses estilos começou a ser explorada mais a fundo. Essa abordagem se mostrou muito acessível ao público de maneira geral e rapidamente a prática do taijiquan se tornou muito popular no mundo todo em suas diversas vertentes.

Atualmente a prática do taijiquan é tão popular quanto o termo kungfu em si. Suas características singulares o tornaram objeto de estudos relacionados a áreas da saúde e sociais, sendo comprovados seus benefícios em processos de reabilitação e integração social. O interesse pela prática do taijiquan é crescente, bem como as teses científicas que corroboram o seu valor.

Fechar